POLÍTICA

Silvio Barros lota Teatro Calil Haddad em sua posse

A posse do prefeito Silvio Barros e do vice-prefeito Roberto Pupin realizada no último sábado, 1º de janeiro, contou com a presença do presidente eleito do Tribunal de Contas Heinz George Herwlig, dos deputados Ricardo Barros, Cida Borghetti e Luiz Nishimori, arcebispo Dom Anuar Battisti, presidente da Ordem dos Patores Evangélicos de Maringá Nilton Tuller, presidente da Câmara Municipal John Alves Correa, vereadores, autoridades civis, militares, futuros secretários e funcionários municipais – pela primeira vez convidados para a posse de um prefeito - e população em geral, que lotaram o Teatro Calil Haddad.
Em seu discurso Silvio Barros falou sobre a responsabilidade que terá para corresponder à expectativa dos maringaenses. “Vencer a eleição foi apenas o primeiro requisito. O que todos esperam é sentir que são capazes de contar com a prefeitura para vencer os desafios diários, para alcançar os objetivos e realizar sonhos. Só me sentirei realmente vencedor daqui há quatro anos, quando a população comprovar o cumprimento dos compromissos e fizer seu julgamento, sua avaliação e reconhecer que sua vida melhorou de verdade”, enfatizou o prefeito.
Segundo suas palavras, a principal qualidade de um líder deve ser a paixão e confessou estar apaixonado pelas pessoas, pela cidade e pela missão de servir a comunidade. O prefeito salientou que junto com seu vice, Roberto Pupin, serão parte de uma equipe e que apenas recebem a incumbência temporária de liderar o time. Para ele, o servidor precisa de suporte e apoio para desempenhar bem seu trabalho e atender bem o contribuinte. “Nós precisamos promover os meios, a motivação e a qualificação necessários”.

REALIDADE

O prefeito apresentou de maneira clara e objetiva a realidade que irá enfrentar a partir de agora. Segundo ele, os funcionários só receberam os salários de novembro na semana passada. Os prestadores da saúde aguardam a liberação de mais de R$ 10 milhões por serviços já prestados. As associações esportivas não recebem o repasse de verbas há três meses e as dívidas com fornecedores, dívidas de curto prazo, devem chegar aos R$ 40 milhões. “Os maringaenses têm direito de saber e temos o dever de informar as condições reais em que estamos recebendo a prefeitura”, declarou.
Destacou que a situação financeira do município merece uma atençaõ especial por parte da administração e deve ser de conhecimento público. Ainda nesta semana, o prefeito deverá se reunir com secretários, diretores, associações de classe, sindicatos para expor oficialmente um levantamento técnico das condições atuais das edificações públicas, condições da pavimentação asfáltica de ruas e avenidas e de como isso atinge a auto-estima da população. “O resultado é alarmante. Só em pavimentação precisamos recuperar pistas equivalentes a uma rodovia ligando Maringá a Cascavel”.

TRABALHO
Depois de apresentar parte da situação da Prefeitura Municipal de Maringá o prefeito reinterou seu compromisso de realizar as promessas de camapnha. “Vamos cumprir nossos compromissos por mais ambiciosos que sejam. Estou trabalhando intensamente para isso desde a promulgação do resultado das eleições”, confirmou.
Entre as conquistas do prefeito Silvio Barros está a emenda orçamentária que garante R$ 15 milhões em 2005 para a conclusão da Vila Olímpica e recuperação de centros esportivos. Também vou assinar o convênio com o DNIT para obtenção dos recursos para o viaduto da Colombo com a Morangueira”, ressaltou.
O prefeito confirmou que já conseguiu recursos a fundo perdido do Ministério da Ciência e Tecnologia e, em poucos meses, deverá consolidar a parceria com os canadenses para começar a implantação do projeto técnico do Tecnoparque.
Em relação ao Trânsito, acrescentou que foi buscar um dos profissioanis mais renomados na área para trabalhar o respeito no trânsito e reduzir acidentes. Para o esporte também já conquistou melhorias importantes.
Segundo Silvio Barros, enquanto está sendo preparado o time de futebol da cidade, Maringá será a base dos jogos no campeonato paranaense. “Acertamos uma parceria com o Coritiba e empresários maringaenses, conseguimos que sejam realizadas as obras que recolocarão o estádio em funcionamento, suspendendo o embargo do Ministério Público e isso tudo sem gastar nenhum centavo do município”.
Já encerrando seu discurso de posse, Silvio Barros frisou que daqui há quatro anos quer entregar a cidade em condições significativamente melhores do que está recebendo. “Afinal, essa é a essencia da Lei de Responsabilidade Fiscal: Planejamento, Controle, Transparência e Responsabilidade, garantindo que ao final de cada administração a prefeitura e a cidade estejam em melhores condições”.
Para concluir pediu o apoio do Legislativo e do Judiciário para governar Maringá e agradeceu o apoio de todos maringaenses, garantindo que seu mandato será dedicado ao futuro e as crianças. Encerrou dizendo uma frase de John Kennedy: “É importante prepararmos o país que vamos deixar para nossos filhos, mas muito mais importante é preparar os filhos que vamos deixar para nosso país”.
Em seguida o prefeito empossado seguiu para uma sala ao lado do auditório, onde foi realizada a cerimônia de transmissão de cargo, com a presença de autoridades e vereadores.
PMM