POLÍTICA

Parlamentares aprovam reajuste de 28,5% nos salários

Aproveitando que as atenções da população estão voltadas a visita do papa Bento XVI ao Brasil, os parlamentares votaram e aprovaram um reajuste de 28,5% nos salários dos parlamentares, ministros e do presidente. O percentual, segundo os deputados, equivale à inflação acumulada dos últimos quatro anos. O projeto ainda precisa ser aprovado pelo Senado.

O único deputado a votar contra o reajuste que se manifestou no plenário da Câmara foi Ronaldo Caiado (DEM-ex-PFL-GO).

Pelo projeto aprovado, o salário dos deputados e senadores vai passar dos atuais R$ 12.847 para R$ 16.512,09. Lula, que recebe atualmente R$ 8.885, passa a receber R$ 11.420, pela proposta aprovada. Já o salário de Alencar e dos demais ministros subiria dos atuais R$ 8.362 para R$ 10.748.
Bondenews