Secretaria de Saúde declara epidemia de H3N2 no Paraná

O subtipo da influenza está provocando surtos atípicos em diversas cidades brasileiras

Secretaria de Saúde declara epidemia de H3N2 no Paraná
São 832 casos confirmados de H3N2 em 149 municípios do Paraná. - Foto: Divulgação/CDC/Unsplash

Nesta quarta-feira (12), o Governo do Paraná declarou estado de epidemia de gripe H3N2 e confirmou o primeiro caso da variante ômicron da Covid-19.

O subtipo da influenza está provocando surtos atípicos em diversas cidades brasileiras. De 11 de dezembro até 10 de janeiro, o estado registrou 12 óbitos do vírus em nove municípios. As vítimas eram seis mulheres e seis homens, com idades entre 44 e 86 anos.

São 832 casos confirmados de H3N2 em 149 municípios do Paraná. O número representa testes realizados pela Rede Sentinela, que está distribuída em 34 pontos do estado. Com 399 municípios, a Sesa acredita que o número de casos seja até 30 vezes maior do que o registrado.

“Neste momento, estamos fazendo um esforço principalmente em monitor o Estado que conta com muitas pessoas que quiserem vacinar fora do grupo prioritário. Ainda temos 616 mil doses à disposição”, explicou Beto Preto, secretário da Saúde.

Conforme a secretaria, a estratégia do governo, neste momento, é o reforço da imunização contra a gripe. É importante lembrar que os cuidados para evitar o contágio e a transmissão da influenza são os mesmos usados para frear a disseminação da Covid-19: uso de máscara, distanciamento social e higiene das mãos.

Agência Estadual de Notícias