Reajuste de 9,3% do IPTU de Maringá é aprovado para 2022

Conforme a câmara, o reajuste baseado no Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) foi aprovado por 13 votos, em primeira discussão.

Reajuste de 9,3% do IPTU de Maringá é aprovado para 2022
Sem emendas, o projeto do executivo volta à pauta na segunda e última votação na quinta-feira (25). - Foto: Reprodução

Reajuste de 9,3% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em Maringá, norte do Paraná, foi aprovado pela Câmara Municipal na sessão desta terça-feira (23). O reajuste baseado no Índice de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) foi aprovado por 13 votos, em primeira discussão.

Sem emendas, o projeto do executivo volta à pauta na segunda e última votação na quinta-feira (25). O projeto estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício de 2022.

A administração de Maringá trabalhará com o orçamento de R$ 2.083.697.488, os quais serão distribuídos em todas as áreas de atuação.

Dentre as pastas, a Secretaria Municipal de Saúde receberá a maior verba, com R$ 527.409.628. Em seguida aparece a Educação, com R$ 407.151.364 de orçamento.

Em terceiro lugar, a Previdência dos Servidores Públicos Municipais (Maringá Previdência) receberá R$ 328.716.000. Em quarta posição está a Secretaria Municipal de Fazenda, com R$ 120.737.631.

O quinto maior beneficiado será a Secretaria Municipal de Infraestrutura, que terá à disposição R$ 85.147.889.

G1 Paraná