Maringá tem fluxo de atendimento na saúde reorganizado devido a queda no número de casos de covid-19

UPA Zona Sul passa a ser unidade de atendimento para casos de coronavírus e urgência e emergência clínica

Maringá tem fluxo de atendimento na saúde reorganizado devido a queda no número de casos de covid-19
A UPA Zona Norte segue como unidade de atendimento exclusiva de urgência e emergência clínica. - Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Maringá reorganizou o fluxo de atendimento covid-19 da rede municipal de saúde. A mudança se deve ao avanço da campanha de vacinação contra a covid-19 com 65% da população imunizada, com 2ª dose ou dose única, queda no número de casos ativos de coronavírus (546 registrados no boletim desta quinta, 30), taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivo Covid-19 SUS em 22% e matriz de risco baixo. 

A partir das 7 horas desta sexta, 1º de outubro, a UPA Zona Sul passa a ser unidade de atendimento para casos de coronavírus e urgência e emergência clínica. A UPA Quebec voltará a ser Unidade Básica de Saúde (UBS) em data que será divulgada em breve.

A UPA Zona Norte segue como unidade de atendimento exclusiva de urgência e emergência clínica. E o Hospital Municipal permanece exclusivo para internamentos de casos de urgência e emergência clínica e para atendimento de pessoas com covid-19.

Prefeitura de Maringá