EVENTO

I Festival de Teatro do Estudante começa nesta quinta-feira (15)

Começa nesta quinta-feira (15) o I Festival de Teatro do Estudante, evento de caráter competitivo aberto a estudantes de escolas públicas e particulares de Maringá, divididos em três categorias, 1ª a 4ª série, 5ª a 8ª série e Ensino Médio. O festival, realizado pela Secretaria de Cultura, prossegue até domingo (18), com apresentações no Teatro Barracão. A premiação será no dia 23, às 19 horas, no Teatro Calil Haddad.

A intenção é estimular a produção de textos e espetáculos teatrais nas escolas sem prejuízo do conteúdo didático e do aprendizado, dar visibilidade para a produção teatral escolar feita em Maringá, revelar possíveis novos talentos, formar público para o teatro e ainda desenvolver uma ação educativa por meio da arte, levando crianças e jovens a produzirem teatro, conhecerem os bastidores e assistirem a espetáculos.

Para participar, as escolas preencheram uma ficha de inscrição e gravaram o espetáculo em DVD, cuja duração máxima permitida era de 60 minutos. As montagens podiam ser em qualquer gênero (comédia, drama, pantomima, farsa, tragédia, bonecos, etc), com textos clássicos ou autorais. Uma parceria com a Unifamma garantiu a gravação dos espetáculos, pois a instituição ofereceu o serviço gratuitamente.

Os espetáculos foram selecionados pela Comissão Organizadora, responsável por definir o local e a ordem das apresentações. A Comissão Julgadora irá premiar 12 quesitos em cada categoria: espetáculo, atriz, ator, atriz coadjuvante, ator coadjuvante, autor/texto, música, diretor, iluminação, cenário, figurino e prêmio especial do público. Os prêmios serão anunciados e entregues no dia 23 de outubro, a partir das 19 horas, no Teatro Calil Haddad. Os ganhadores receberão troféu confeccionado por artista plástico local.

A secretária da Cultura, Flor Duarte, comenta que muitas pessoas tiveram as primeiras experiências artísticas na escola, realizando espetáculos com fins didáticos, que pautaram para sempre a sua relação com a arte teatral. “Os auditórios escolares, as salas de aula e as quadras foram e continuam sendo palco da iniciação artística de gente que pode seguir na área ou que se torna um espectador assíduo. Tudo isso só é possível com a presença de orientadores que saibam conduzir o processo e estimular que a produção seja feita com carinho e cuidado”, explica.

Diversas cidades realizam festivais estudantis, a exemplo de Belo Horizonte, Ouro Preto, São Paulo, Santos, Tatuí, Rio do Sul (SC) e Caruaru (PE). Em Maringá, esse tipo de iniciativa é inédita e pode revelar talentos a serem lapidados, formar espectadores assíduos e estimular principalmente os estudantes do Ensino Médio a escreverem textos para teatro.

“O teatro tem, sim, infinitas possibilidades didáticas e pode ser fartamente utilizado como ferramenta de aprendizado. Pode estar integrado com disciplinas como Língua Portuguesa, Artes e História. Por isso sua produção tem sido sempre incentivada no Brasil por nomes como o do carioca Paschoal Carlos Magno, um dos maiores entusiastas dessa prática e criador do Teatro do Estudante do Brasil em 1937”, destaca Flor Duarte.

ProgramaçãoDia 15 de outubro

14h - Colégio Marco Antonio Pimenta com o espetáculo "Faz de conta que acontece"

20h - Colégio Santa Cruz com o espetáculo "Findomundo"

Dia 16 de outubro

14h - Escola Municipal Piveni Piassi com o espetáculo "Mãos limpas, criança sadia"

14h30 - Escola Municipal Piveni Piassi com o espetáculo "A fuga dos livros"

15h - Escola Municipal Airton Playsant com o espetáculo "A chuva colorida"

15h30 - Escola Municipal Airton Playsant com o espetáculo "O meio ambiente"

20h - Colégio Santa Cruz com o espetáculo "Chapeuzinho Vermelho"

Dia 17 de outubro

14h - Colégio João XXIII com o espetáculo "Só depende de você"

20h - Colégio Marista com o espetáculo "O drama de Alaíde"

Dia 18 de outubro

14h - Colégio Municipal Rui Barbosa com o espetáculo "A bruxinha que era boa"

20h - Colégio Marista com o espetáculo "Feiurinha"
PMM