Paraná recebe lote com 90 mil doses destinado a vacinação de adolescentes com comorbidades

Dois aviões devem trazer as doses vacina ao Paraná, nesta sexta-feira (24), entre 18h40 e 19h10

Paraná recebe lote com 90 mil doses destinado a vacinação de adolescentes com comorbidades
O lote foi confirmado pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, que recebeu a comitiva da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) que esteve em Brasília para pedir atenção à importância de vacinar adolescentes. - Foto: José Fernando Ogura/AEN

O Paraná vai receber nesta sexta-feira (24) um lote com 99.450 doses de vacinas contra a covid-19 para imunizar adolescentes com comorbidades e deficiência permanente. São doses da Pfizer, a única com autorização da Anvisa para uso nessa faixa-etária.

O envio foi confirmado hoje (23) pelo Ministério da Saúde. Dois aviões devem trazer as doses vacina ao Paraná, nesta sexta-feira (24), entre 18h40 e 19h10. Será o primeiro envio da pasta destinado exclusivamente para a imunização de jovens.

O lote foi confirmado pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, que recebeu a comitiva da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde do Paraná) que esteve em Brasília para pedir atenção à importância de vacinar adolescentes.

Além da notícia de que as doses de vacina seriam enviadas com essa finalidade, os membros da comitiva ouviram da pasta federal que, após a inclusão dos adolescentes no PNI (Programa Nacional de Imunizações), pautas específicas serão destinadas a esse grupo.

Mesmo sem aval do Ministério da Saúde, o Paraná já havia anunciado o plano de vacinar adolescentes com ou sem comorbidades.

“O Paraná sempre teve uma posição muito clara sobre a vacinação dos adolescentes, de que todos devem ser imunizados, não apenas aqueles com comorbidades ou deficiência”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

“Por isso estamos dialogando com muito respeito com o Ministério da Saúde para que possamos acelerar a campanha e também garantir a cobertura vacinal de todos os paranaenses, inclusive com a segunda dose e dose de reforço. Os adolescentes sem comorbidades agora foram incluídos, mostrando que estamos no caminho certo”, completou.

VACINA PARA TODOS - Além do envio de doses de vacina voltadas aos adolescentes com comorbidades e deficiência permanente, o Ministério da Saúde vai enviar outros lotes para o Paraná nos próximos dias.

O Estado vai receber 69.030 doses da Pfizer para reforço dos imunossuprimidos que já fecharam o esquema vacinal há mais de seis meses. Além disso, estão previstas 129.870 doses da mesma fabricante para a segunda dose.

Por fim, também com previsão de chegada na sexta-feira (23), o Paraná vai receber 55.250 doses de vacina da AstraZeneca, produzidas pela Fiocruz, para completar o esquema vacinal de quem já tomou a primeira dose.

Paraná Portal