Prefeitura realiza mutirão de 2ª dose e destina 1ª dose para grupo prioritário nesta sexta-feira (9)

Atualmente cerca de 1,9 mil pessoas estão com a segunda dose atrasada

Prefeitura realiza mutirão de 2ª dose e destina 1ª dose para grupo prioritário nesta sexta-feira (9)
Não haverá vacinação de 1ª dose para a população geral. - Foto: Aldemir de Moraes/PMM

Nesta sexta-feira (9), a vacinação contra a covid-19 com o mutirão de 2ª dose. Hoje são cerca de 1,9 mil pessoas com mais de dez dias em atraso com a dose reforço. A aplicação será nas UBSs Morangueira e Vila Operária, das 9 às 16 horas. É necessário apresentar documento com foto e carteira de vacinação. 

O secretário de Saúde de Maringá, Marcelo Puzzi, solicita para quem já tomou a 1ª dose, olhe a carteira de vacinação e veja se já chegou o momento de receber a dose reforço. “Com a vacinação completa, os efeitos da covid-19 no organismo tendem a ser mais leves. Ou seja, além de evitar efeitos nocivos da doença, as pessoas imunizadas aliviam a tensão sobre os hospitais, leitos de enfermaria e UTI, e medicamentos”.

Não haverá vacinação de 1ª dose para a população geral. O município aguarda recebimento de novo lote de vacina do Governo Federal e Governo Estadual. Segundo a Secretaria de Saúde do Paraná, o Estado deve receber mais 220.960 vacinas contra a Covid-19 entre hoje e amanhã. Assim que o Estado distribuir as doses aos municípios, Maringá vai ampliar a campanha de vacinação.

Em respeito à recomendação do Ministério da Saúde, a vacinação do dia também contemplará caminhoneiros, ferroviários, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros e escolar. Este público deve apresentar, obrigatoriamente, comprovante de função, carteira de vacinação, documento pessoal com foto e CPF.

1ª DOSE - Caminhoneiros, ferroviários, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros e escolar

Horários: 8 às 17 horas

  • Secretaria de Saúde

2ª DOSE - Todos os públicos

Horário: 9 às 16 horas

  • UBS Morangueira
  • UBS Vila Operária

‘VACINA CONTRA A FOME’ - O Provopar, em parceria com a Prefeitura de Maringá, criou a campanha “Vacina contra a Fome''. Quem for se vacinar pode levar alimentos não perecíveis. Os itens arrecadados serão doados para entidades assistenciais do município. A doação não é obrigatória. 

Para realizar o pré-cadastro de vacinação e saber em qual fase será vacinado, o cidadão deve acessar Vacina Maringá.

Maringa.Com